como-utilizar-base-de-dados-facebook-e-google

Utilizar uma base de dados para publicidade no Facebook e Adwords

Como utilizar uma base de dados para publicidade paga no Facebook Ads e Google Adwords?

Durante este post, dar-lhe-ei algumas dicas de como usar uma base de dados para publicidade paga no Facebook Ads e Google Adwords, de modo a obter mais resultados.

A maior parte das empresas, quando inicia as campanhas/estratégias de Inbound e newsletter/e-mail marketing, aproveitam as base de dados que já possuem, sendo que, na maioria dos casos, são base de dados obsoletas, visto que contêm pouca informação (contactos só com e-mail, sem género, sem idade, etc), informação esta que dificulta imenso o trabalho da segmentação e qualificação de leads.

Uma das formas para combater as base de dados incompletas, é recorrer à publicidade paga nas redes sociais, acelerando os resultados, baseados nos contactos fidedignos. Basicamente, através da publicidade paga nas redes sociais, conseguimos “enviar” publicidade para os contactos, com a finalidade de obter novas conversões e claro, refazer a (uma ótima) base de dados – limpeza/rastreamento.

Algumas dicas para o uso da Base de Dados nas redes sociais:

  • Limpeza e rastreamento de base de dados antigas / base de dados de e-mails
  • Marketing individual para cada cliente
  • Promoções exclusivas para clientes
  • Angariação de leads
  • Campanhas de oportunidades
  • Fazer up-selling e cross-selling

Sabia que pode usar as base de dados não só e para além das campanhas de e-mail (newsletter)? Sim, fantástico.

Posto isto, vou explicar de como usar as base de dados nas principais redes sociais – vertente publicidade paga (Ads)

Google Adwords

No Google AdWords, podemos criar campanhas de remarketing para a rede de pesquisa e também display. Desta forma, basta adicionar um público à sua conta e, pode no imediato, usar esse público.

Passo-a-passo:

  1. Faça login no Google AdWords;
  2. Clique em Biblioteca partilhada (lado esquerdo do ecrã);
  3. Clique em Públicos-alvo;
  4. Clique em E-mail de Clientes;
  5. Adicione um nome a “Nome da lista de correio de clientes” e faça upload do ficheiro de e-mails no formato .CSV;
  6. Crie uma campanha de Pesquisa ou Display;
  7. Volte à Biblioteca Partilhada e Clique em Públicos-alvo;
  8. Selecione o público que foi criado;
  9. Adicione o público dentro do grupo de anúncios de uma campanha de pesquisa ou display criada anteriormente.

Sugestão: usar o público-alvo numa nova campanha. Assim, consegue ter mais controle sobre o investimento e sobre as métricas

Facebook

O Facebook Ads tem mais vantagens. Para além das campanhas para uma base de dados específica, podemos usá-la para gerar novos Leads, usando um público semelhante.

Quais os principais objetivos:

  • Conversões: aumentar conversões no site
  • Consideração: intereção com a pessoa

Porquê? São factores importantes para gerar tráfego para o site e gerar leads.

Explicar-lhe-ei como usar a base de dados no Facebook.

  1. Aceda ao Facebook Ads;
  2. No menu superior (canto esquerdo), junto ao ícone do Facebook, clique em públicos (dentro do icon “Hamburguer”);
  3. Clique em “Criar Público” e clique em “Público Personalizado”;
  4. Selecione a Opção “Ficheiro de Clientes” e depois clique em “Escolhe um ficheiro ou copia e cola dados”;
  5. Faça Upload da lista de e-mails (o Facebook permite fazer upload de números de telemóvel e ID de utilizadores) no formato .CSV;
  6. Dê um nome ao público e prossiga;
  7. Aguarde cerca de 5 min até que fique disponível
  8. Selecione o público para criar um anúncio ou vá ao gestor de anúncios e crie um novo anúncio, colocando como Público-Alvo, o público criado na alínea 6.

Desta forma, o Facebook é o canal que permite ter a maior diversidade de anúncios, visto que, para além dos anúncios nos feeds, podemos dirigir campanhas para o instagram ou utilizar vídeos para maior Engagement (interação).